MQA

Estudantes de CG ganham prêmio com aplicativo para Android

Uma ideia simples, mas muito útil: resumir e relacionar características e pontos importantes no perfil do presidiário em um único ambiente virtual para facilitar a identificação e melhoramento do serviço de segurança. Criado pelos estudantes, Egydio Ricardo Gomes, Jeferson dos Santos e Renan Pereira Mendes que cursam o último período de Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Faculdade Maurício de Nassau em Campina Grande, o aplicativo SISCAP Mobile é desenvolvido em plataforma Android e faz o gerenciamento prisional dos detentos, com entrada e saída de reclusos e visitantes. A partir da premiação ele será distribuído de forma gratuita para todo o Brasil através da playstore.

A notoriedade do projeto veio depois que o programa foi destaque no concurso INOVApps 2015, do Ministério das Comunicações. A competição acontece anualmente e tem o objetivo de apoiar o desenvolvimento de aplicativos de interesse público para dispositivos móveis e TVs digitais conectadas. O projeto que recebeu o resultado no mês de novembro ganhou o primeiro lugar em meio a 2.500 inscritos de todo Brasil. O motivo do sucesso é óbvio: através do SISCAP Mobile é possível agrupar e sintetizar todas as informações dos apenados de uma unidade, através de imagens, impressões digitais, sinais característicos, vínculos familiares e sociais, dentre outras informações, permitindo o compartilhamento atualizado e instantâneo das informações prisionais entre vários órgãos públicos, como as polícias e os órgãos jurídicos, o que dá mais segurança ao sistema penitenciário.

Para obter mais informações sobre o SISCAP Mobile acessae o site www.thoths.com.br.